Desde 1 de novembro de 2021, as viagens aéreas da Colômbia para Portugal podem ser feitas por qualquer motivo, terminando, de momento, a limitação a viagens essenciais.

A Colômbia integra o anexo I do Despacho Nº 10703-A/2021 do Governo português, no qual figuram os países que por terem a sua situação epidemiológica de acordo com a Recomendação (UE) 2020/912, do Conselho, de 30 de junho de 2020, se lhes permite que, mediante reciprocidade, realizem viagens não essenciais, por qualquer motivo, para Portugal, desde que cumpridos os demais requisitos migratórios por parte dos viajantes provenientes de esses países.

Pode consultar o referido Despacho do Governo português aqui: despacho_10703_a_2021.pdf (mne.gov.pt)

Assim, todos os viajantes provenientes da Colômbia que cumpram os demais requisitos migratórios, podem viajar para Portugal, por qualquer motivo.

Todavia, independentemente da nacionalidade ou do estado de vacinação, todos os viajantes devem, obrigatoriamente, fazer prova PCR no máximo 72h antes do embarque na Colômbia, ou, alternativamente, prova laboratorial de antígenos, no máximo 48h antes do embarque na Colômbia, com resultado negativo à COVID-19.

ATENÇÃO: Se optar por realizar um teste laboratorial antígeno, tenha presente que o mesmo deve ser feito através de um dos métodos aprovados pelo Comité de Saúde da União Europeia (anexo III do link infra) e deve conter os dados normalizados acordados pelo referido Comité (Anexo II do link infra).

covid-19_rat_common-list_en.pdf (europa.eu)

Em caso de dúvida sobre se o teste laboratorial antígeno que o laboratório se lhe propõe realizar cumpre ou não estas especificações, recomendamos que opte por um teste PCR.

  • Partilhe