medellin

 

No próximo dia 9 de setembro tem início a 16ª edição da Fiesta del Libro y la Cultura, o segundo evento literário mais importante da Colômbia, e o principal na cidade de Medellín. Subordinada ao tema “Tiempo de imaginar”, a Fiesta terá lugar no Jardim Botânico Joaquim António Uribe e contará com Portugal como país convidado. 

A participação portuguesa tem a curadoria de Jerónimo Pizarro e Pedro Rapoula e contará com a presença de uma delegação de autores na qual se destacam Bruno Vieira Amaral, João Macdonald, José Luís Peixoto, Luís Cardoso, Mafalda Milhões, Maria Quintans e Mariana, a Miserável. Em Medellín estarão presentes também Pilar del Rio, na qualidade de Presidente da Fundação Saramago, Carlos Reis, Comissário para o Centenário de José Saramago e Ricardo Viel, co-autor do livro “Saramago, os seus nomes. Um álbum biográfico”, estando prevista a sua participação em diversas iniciativas que marcarão o centenário do nascimento do Prémio Nobel português, entre as quais o encontro de Pilar del Rio com o escritor colombiano Juan Gabriel Vásquez.  

A histórica livraria colombiana Lerner será a responsável pelo espaço de venda de livros, que contará com mais de 250 títulos e cerca 3500 exemplares. Mas no stand de Portugal que terá aproximadamente 200m2, será possível visitar também a exposição “Voltar aos passos que foram dados”, com seleção e composição de textos de Carlos Reis e Fernanda Costa, e design de André Letria, numa “viagem” pela biografia literária de José Saramago de onde se deduz uma “narrativa” que permite o reencontro, em formato expositivo, com as obras e o legado cultural e cívico do escritor.

Ainda no âmbito do Centenário de José Saramago, e numa parceria com a Cinemateca de Medellín, serão exibidas as longas-metragens Embargo, de António Ferreira, 83’ (2010); José e Pilar, de Miguel Gonçalves Mendes, 117’ (2010); e O Ano da Morte de Ricardo Reis, de João Botelho, 129’ (2020). 

A programação de Portugal integra também as exposições “Viagem a Portugal” do fotojornalista português Pedro Sá da Bandeira, a residir em Bogotá, que poderá ser vista na galeria de exposições temporárias da Casa de la Música de Medellín, e “Ilustrar a los portugueses”, uma exposição coletiva de ilustradores colombianos que ilustraram edições de autores portugueses na Colômbia, que estará patente na galeria de exposições do espaço cultural Casa Tragaluz.  

A abertura da programação musical da Fiesta estará a cargo do Rumos Ensemble (de João Vasco Almeida, Anne Vitorino d’Almeida e Luís Gomes) com o concerto “Tocando Portugal”, que terá lugar no dia 10 de setembro na Sala de Artes Performativas Teresita Goméz da Universidade de Antioquia. No dia 17 de setembro, no recinto da Fiesta, terá lugar o concerto da cantora colombiana Monica Giraldo que, além do seu repertório habitual, irá interpretar alguns temas de música portuguesa ou com referências a Portugal. Mónica Giraldo gravou com Mafalda Veiga, musicou e cantou um poema de Filipa Leal e actuou em Bogotá como convidada da fadista Katia Guerreiro. Finalmente, o concerto de encerramento da Fiesta del Libro terá lugar no domingo, 18 de setembro e contará com a apresentação da fadista Beatriz Felício acompanhada dos músicos João Domingos, André Dias e Nuno Fernandes.

Haverá ainda a assinalar um conjunto de atividades e iniciativas paralelas que, de uma forma ou de outra, complementam a participação portuguesa ao longo dos 10 dias da Fiesta e que envolvem a cidade e os seus visitantes, das quais se destacam a edição e distribuição gratuita na rede de metro de Medellín de uma antologia de ilustração e poesia portuguesa feitas por mulheres, numa organização de Mafalda Milhões, e a presença de autores portugueses em várias escolas da cidade num programa que se chama “Adota um autor”.

A presença portuguesa na Fiesta tem o apoio do Camões, I.P., da Embaixada de Portugal em Bogotá e da Cátedra de Estudos Portugueses Fernando Pessoa da Universidad de Los Andes, bem como do Grupo Jerónimo Martins que, através da Cadeia “Ara”, conta com 880 lojas abertas na Colômbia.

Na edição de 2021, a Fiesta del Libro y la Cultura de Medellín teve cerca de 600 mil visitantes em apenas 8 dias. Da programação constaram cerca de 30 escritores de 20 países do mundo, 45 conferências, 110 lançamentos de livros e 120 horas de programação artística, tendo contado com a presença dos portugueses Inês Fonseca Santos e André Letria.

  • Partilhe